Açúcar (em excesso) nem pensar

Gente…
Venho falando em todas as consultas sobre os males do açúcar. Pra que apresentar este vilão no primeiro ano de vida? Sem necessidade, não é mesmo?!
Canso de ouvir das mães e pais que a criança está olhando (salivando) para o sorvete ou o refrigerante… como se ela realmente conhecesse o prazer de saboreá-los.
Expor precocemente a criançada ao açúcar, faz com que os pequenos deixem de apreciar o doce suave das frutas. Então, queridos e queridas, aquela sobremesa famosa terminada em “inho” pode esperar mais um pouco para fazer parte do cardápio de seu filho. Nem vou falar do refrigerante. Este deve realmente ser tratado como o cigarro, como cita o repórter André Petry em matéria escrita à revista Veja (http://veja.abril.com.br/230909/acucar-droga-da-vez-p-98.shtml). Vale a pena ler!
Quem sabe, esperando 2 anos para introduzir outros doces na dieta (com moderação), a criança já tenha aprendido a gostar tanto da maçã e da banana, que o “inho” poderá até ficar de lado. Coitadinha da criança?! Nada disso… grande oportunidade para evitar aqueles quilinhos a mais no futuro e todo o estresse que os pais passam ao se olhar no espelho e ver os níveis de colesterol, glicemia e pressão arterial aumentarem ano a ano.
Então, antes de achar bonitinho ver seu filho se lambusando com uma sobremesa deliciosa rica em açúcar, lembre-se que provavelmente ele deixará de gostar das frutas, aumentará seu peso mais do que o necessário, e, se tiver muita persistência, conseguirá controlar seu colesterol e glicemia no futuro, às custas de muito esforço, já que não se acostumou com uma dieta saudável desde cedo.

Um abraço!

2 comentários sobre “Açúcar (em excesso) nem pensar

  1. Legal! Eu já havia lido a matéria na veja.
    Mas enfim…depois que minha baby entrou na escolinha (com 1 ano) ela já experimentou várias coisas as quais eu vinha evitando….é difícil regrar a alimentação enquanto as outras mães mandam lanches prontos, tudo industrializado, né? Sempre tem aquela história de que “o lanche do amiguinho é mais gostoso”…
    Mas eu não desisto! Dentro de casa o “inho” é vetado!

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s