Birra

Nada como deixar a criança fazer birra por causa de algo que não vai ganhar. Assim ela aprende, em tempo, que a vida não é do jeito que ela quer, mas sim do jeito que pode ser. O “não” pode ser pedagógico, terapêutico, mesmo você tendo condições de satisfazer todas as vontades (e não necessidades) de seu filho.
Digo isso pois tem muito adulto dando piti por coisa pequena, pelo simples fato de nunca ter tido a experiência de receber um não na infância. O problema é que depois de grande fica feio.

Ensine seu filho a pensar nos seus deveres (de verdade) antes de seus direitos. Assim, a gente consegue avançar em alguma coisa.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s