Hoje é Dia do Glaucoma: crianças também têm?

Como hoje é o Dia do Glaucoma, resolvi falar um pouquinho sobre a doença, apesar de não ser minha especialidade e de o glaucoma ser relativamente raro em crianças. Assim, aproveito a oportunidade para estudar e tentar traduzir para vocês um pouco daquilo que aprendi.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o glaucoma pode sim acometer crianças! Ele é causado por um aumento da pressão dos olhos. Imagine que o globo ocular tem uma estrutura parecida com uma… Jabuticaba! Que comparação!? Mas sim… Ele tem aquela casquinha por fora (esclera), e dentro é molinho, com um líquido chamado humor vítreo. Ah! Mas não tem caroço, ok?! O vítreo precisa estar numa pressão ideal para o olho funcionar corretamente. Caso contrário, se a pressão se eleva, temos o glaucoma, que pode resultar em perda de visão.

Veja o esquema abaixo para entender como é a anatomia dos olhos, de forma básica (que chique, você está aprendendo anatomia!!). A parte anterior e central dos olhos, por onde entra a luz, chamamos de córnea. Ela continua como esclera, que é um pouco mais densa e branca, o que dá estrutura para os olhos. Por dentro, temos uma lente, chamada de cristalino. Lá no fundo do olho, temos a retina, que faz uma “captura” da imagem e transmite para o nervo óptico, que é um “cabo” que leva o sinal de imagem ao cérebro. Entendeu como seu olho funciona?! Então agora podemos falar mais um pouquinho sobre o glaucoma.

anatomia olhoaumento da pressão

Em crianças, o glaucoma pode ser congênito (já ter nascido com o bebê) ou se desenvolve com o tempo. Quando congênito, pode ser isolado ou estar associado a outras alterações, em uma síndrome genética. Nas crianças maiores, pode ser secundário a uma inflamação nos olhos, trauma (“batida”) e até mesmo a um tumor. Porém, na maioria das vezes, a criança não manifesta sintomas específicos, que os pais possam perceber facilmente em casa. Por isso é interessante a avaliação com o oftalmologista pediátrico.

Lembre-se do que eu disse no começo: o glaucoma é uma condição rara! Não vai sair por aí procurando coisa no seu filho e mandando mensagem para o pediatra que viu um negócio branco ao redor de uma bolinha preta! Perfavore!!

A avaliação oftalmológica pode evidenciar alguns sintomas característicos (você está preparado para os termos difíceis?!): turvação da córnea e aumento de seu diâmetro (córnea mais “fosca” e maior), blefaroespasmo (piscamento frequente e involuntário), lacrimejamento excessivo (esse não precisa explicação), fotofobia (aversão à luz), buftalmo (aumento do volume do globo ocular) e depressão do nervo óptico. Não quero dizer que o nervo óptico fica triste, depressivo, mas sim que o aumento da pressão dentro do olho comprime o nervo óptico, deixando-o com uma depressão central.

Nas crianças maiores, podem estar presentes apenas as alterações do nervo óptico, sem outros sintomas. Em geral, um olho vermelho ou inflamado não é característico de glaucoma congênito ou infantil. Por outro lado, se a criança apresentar dor intensa, piscamento e fotofobia, deve ser avaliada.

O diagnóstico é feito pelo oftalmologista. Nós, pediatras, devemos avaliar e até suspeitar no consultório ao observarmos aumento do diâmetro da córnea e aspecto turvo, principalmente se estes vierem acompanhados de fotofobia e blefaroespasmo (já esqueceu o que é isso? Leia novamente! É assim que a gente aprende esses nomes difíceis!). Nesta situação, encaminhamos para o colega oftalmologista que conduzirá o diagnóstico definitivo e tratamento.

 

E por falar em tratamento… Nas crianças, o tratamento de glaucoma geralmente é é cirúrgico.

Aprendi um bocado estudando sobre este tema. E você?!

 

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s