Guarda compartilhada: da lei à realidade.

Parece que estamos  dando um passo na direção certa. Agora, ao se separarem, os pais terão a guarda compartilhada de seu filho automaticamente, mesmo que não haja acordo. Ontem foi aprovado no Senado o projeto que determina esta regulamentação. Falta só a sanção da presidente.  Algumas exceções poderão ser avaliadas, como por exemplo, quando um dos dois, lamentavelmente, abrir mão da guarda. Mas a preferência será dada ao compartilhamento da guarda.

(mais…)